Trabalho de estudante do IFRS conquista ouro na Infomatrix, feira mundial de projetos de computação

A medalha de ouro na categoria “Projetos de ciência” – modalidade virtual da Informatrix World Finals 2022 foi conquistada por um trabalho do Campus Osório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS). O anúncio dos premiados na competição internacional de projetos de computação ocorreu na tarde desta segunda-feira, 06 de junho de 2022, no México.


O vencedor é o “Projeto Fidere: Desenvolvimento de um APP voltado à economia circular de brechós e associações do litoral norte gaúcho”, da estudante Victórya Leal Altmayer Silva, do curso Técnico em Administração Integrado ao Ensino Médio. Teve orientação da professora Flávia Twardowski e coorientação do professor Cláudius Jardel Soares.


Victórya comenta sobre a felicidade de receber esse destaque para o seu trabalho, que representa a ciência brasileira e gaúcha: “Ter sido escolhida para representar o Brasil em mais essa grande feira de nível mundial foi uma honra. Estar entre os 175 melhores do mundo enche o coração de orgulho. Mas ganhar medalha de ouro entre esses 175? É indescritível!” Para a estudante, o reconhecimento é também um estímulo a manter a dedicação: “Essa vitória nos incentiva a continuarmos a sonhar por meio da educação e da ciência!”


Sobre o projeto


O projeto de pesquisa Fidere buscou uma solução para alavancar a economia circular de brechós e associações femininas da região do Litoral Norte gaúcho. Para isso, foi realizado o mapeamento e entrevistas com representantes de 35 brechós e 14 associações femininas nas cidades de Capão da Canoa, Osório, Tramandaí e Xangri-lá. 


A partir disso, ela desenvolveu um aplicativo de celular que funciona como loja virtual e está disponível no Google Play. “Para o futuro, queremos fazer parcerias para expandir o uso do Fidere para todo território nacional, impulsionando a economia circular do país”, observa a estudante.


O trabalho já recebeu mais de 30 premiações, nacionais e internacionais, desde o ano de 2020. Três delas se destacam: o quarto lugar na categoria Comportamento e Ciências Sociais da Regeneron International Science and Engineering Fair (Regeneron ISEF), maior feira de ciências pré-universitária do mundo.na ISEF (EUA); o segundo lugar na categoria Inovação Sustentável da Terra da Feira Internacional de Soluções em Sustentabilidade (Sustainability Solutions Science Fai – EUA) e a medalha de ouro na Infomatrix World Finals (México).


Sobre a Infomatrix


A Infomatrix é uma feira que reúne 2.500 projetos de estudantes de ensino médio e de graduação de mais de 25 países. Com etapas de seleção nacionais, escolhe 175 projetos para a final mundial no México, onde os melhores de cada uma das sete categorias são premiados. É organizada pela Latin American Society for Science and Technology e Lumina Educational Institutions Foundation.